sábado, 5 de julho de 2008

Festa Junina, nostalgia, e choque de gerações

Acabei de voltar da Junina do Colégio Carmo, onde estudei até a Oitava série (ou seria nono ano?).
Todo ano volto ao Carmo, como ex-aluno que sou, pra assistir as quadrilhas, comer comida típica e reencontrar o pessoal da minha época.Normalmente oe ex-alunos voltam no ano seguinte apenas, mas faz 7 anos que volto lá. Eu gosto de rever tudo...

Esse ano não vi ninguem da minha época, nem os professores estavam lá. A quadrilha não tinha mesma graça... está tudo diferente.
No parquinho da época que eu fazia pré-escolar, está se erguendo um "puxadinho" horroroso, destruindo minhas imagens de infancia feliz no meio da areia...
Os alunos parecem muito mais novos que eu. Na quadrilha de ex-alunos, não tinha ninguém com mais de 18. Ou o mundo está jovem, ou eu estou velho!

O cara chamou o pessoal do Nono ano pra dançar..., mas eu não fiz nono ano, eu fiz Oitava série!
Eu entrava na escola na época que o pessoal hoje está formando nem tinha nascido!

Só sei que ainda não sei o que pensar do meu passado que fica cada vez mais no passado...

Um comentário:

Mariana disse...

Festa junina do Carmo já foi melhor...
mas vou continuar indo ainda por mtos anos (espero) ver minha irmã dançar.